Notícias fresquinhas…..

Sudeste é o principal emissor e receptor de turistas do país:
As cidades de São Paulo e Rio de Janeiro são os destinos mais visitados do Brasil.
Os quatro estados do Sudeste são os que mais enviam e recebem visitantes no país.  A região participa com 40,8% do emissivo e 36,5% do receptivo no universo das 191 milhões de viagens domésticas realizadas em 2011.  Os dados são do Estudo da Demanda Turística Doméstica no Brasil, realizada pelo Ministério do Turismo em parceria com a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

Os turistas do Sudeste têm como destino preferencial os próprios estados da região. São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo recebem 29% do contingente de visitantes locais.   A segunda região de destino para este grupo é o Nordeste, que recebe 5,2% do fluxo, seguido do Sul do país, com 3,4%.  O Centro-Oeste, com 2,8%, e o Norte, com 0,4%, são os que menos recebem turistas da região Sudeste.

Além do próprio Sudeste, a região que mais envia turistas para os quatro estados são o Nordeste e o Sul, empatados com 2,4% do total.  Em seguida, aparece o Centro-Oeste, com 2% do emissivo, e o Norte, com 0,6%.

“A pesquisa demonstra que, no universo das viagens domésticas, predominam as viagens de curta distância”, explica o diretor de Estudos e Pesquisas do Ministério do Turismo, José Francisco Salles Lopes. Segundo ele, 73% dos fluxos ocorrem dentro das próprias regiões e 51% dentro dos próprios estados.

A região Sudeste abriga as duas principais cidades-destino do Brasil: São Paulo (SP), em primeiro lugar, e Rio de Janeiro (RJ), em segundo. Belo Horizonte (MG) aparece na décima posição no ranking do Ministério do Turismo.

Participação do turismo no PIB da Região Sul é a 2ª maior do país.
Turismo é responsável por 4,9% do PIB da região Sul, atrás do Nordeste (9,8%) e à frente do Sudeste (2,7%).
A receita do turismo doméstico nos estados de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná injetou R$ 26,24 milhões no Produto Interno Bruto (PIB) da Região Sul em 2009. A relação consumo turístico/PIB, na região, é a segunda mais alta do país: 4,9%. O líder é o Nordeste, com 9,8%, e a terceira maior fatia é do Sudeste (2,7%).

Os dados estão no Estudo da Demanda Turística Doméstica no Brasil 2012, encomendado pelo Ministério do Turismo à Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). A região Sul também tem dois dos dez destinos mais procurados em viagens internas: Curitiba (PR), em 8º lugar, e Florianópolis (SC), que ocupa a 9ª posição.

DESTAQUES

O Rio Grande do Sul está entre os cinco principais estados emissores de turistas para o país. Junto com São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Bahia, o grupo representa mais de 50% do emissivo turístico doméstico e quase 50% do receptivo. Acrescentando-se Paraná, Santa Catarina, Pernambuco e Goiás, chega-se à marca de 70% do emissivo e do receptivo nacionais.

Em matéria de número de visitantes, o Sul é a terceira mais importante região receptora de turistas do Brasil, recebendo 18,5% dos viajantes brasileiros. A região também responde por 17,4% do fluxo de gastos e receitas turísticas.

Os itens mais bem avaliados por turistas nacionais que visitaram os estados sulistas foram agências de viagens (98% de aprovação), serviços de hospedagem (94,6%) e restaurantes/gastronomia (90,9%).

Selma Cabral
0 0 vote
Avalie este artigo!
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Scroll to top
0
Por favor, comente.x
()
x