Minas Gerais e o jeito especial de ser do mineiro:

Conhecido como o estado que não tem praia, Minas Gerais investe pesado na valorização da cultura e no ecoturismo. É famoso também por seus brasileiros ilustres e mulheres bonitas, a culinária mineira deliciosa, seus doces, e claro: o pão de queijo.

Mas quem quiser realmente conhecer parte da história do Brasil. As cidades históricas de Minas gerais é uma verdadeira viagem no tempo, possuem um rico acervo artístico e arquitetônico, encontrados nas suntuosas igrejas, museus, ruas e casas que preservam toda a tradição e cultura.


Marcadas pelo ciclo do ouro, escravidão e ideais revolucionários como a Inconfidência Mineira, as cidades históricas guardam relíquias como a arte barroca, conhecida no mundo inteiro pelas obras de artistas como Aleijadinho e Ataíde. O estado possui o maior acervo barroco do Brasil e algumas cidades receberam o título de Patrimônio Cultural da Humanidade. A religiosidade de Minas está expressa nas belíssimas igrejas e festas populares que atraem turistas de todas as partes, que se encantam com a hospitalidade de um povo tão acolhedor.
Além de toda riqueza desse patrimônio as cidades históricas possuem várias atrações como festivais de cinema, de inverno, de gastronomia, os carnavais e principalmente as paisagens exuberantes das montanhas de Minas. Conheça as Cidades Históricas de Minas Gerais e redescubra o Brasil em lugares onde se respira história, cultura e bons ares.

Minas Gerais possui diversos parques abertos para visitação e administrados pelo Instituto Estadual de Florestas (IEF) e pelo Ibama, com infra-estrutura completa para receber turistas. Lugares ideais para o contato com uma natureza rica e preservada em sua fauna e flora. Como o Parque Nacional da Serra do Cipó; Parque Nacional da Serra da Canastra; Parque Estadual do Ibitipoca; Parque Estadual de Nova Baden; Parque do Itacolomi; Parque da Serra do Rola-Moça;  Parque Estadual do Rio Preto; Parque do Rio Doce.

 Têm ainda a Região da Serra da Canastra, considerado um dos mais belos lugares de Minas Gerais, onde fica a nascente do Rio São Francisco, sem falar nas diversas cachoeiras da região com destaque para a espetacular cachoeira Casca d’Anta, uma seqüência de cinco quedas do Rio São Francisco, com aproximadamente 200 metros de altura, formando belos poços perfeitos para um mergulho nas águas do “Velho Chico”. Nesse paraíso vivem espécies de animais ameaçados de extinção, como o tamanduá-bandeira, o lobo-guará, o tatu-canastra e o pato mergulhão.

No sul de Minas Gerais está o Circuito das Águas, conhecido por suas famosas estâncias hidromineral com propriedades medicinais e terapêuticas. Formado por belas cidades em plena Serra da Mantiqueira, possui um clima agradável e uma riqueza natural que transmite tranqüilidade e qualidade de vida. O circuito das águas oferece aos turistas momentos de descanso, relaxamento, lazer e bem-estar. São diversas fontes e balneários para banhos, massagens e momentos de harmonia e equilíbrio com o corpo e a mente. Além dos parques que podem ser conhecidos através dos passeios de charretes, pedalinhos e teleféricos, com uma vista privilegiada.

O Circuito Turístico das Águas integra 10 municípios. Em todos os destinos da região encontram-se lagos, cachoeiras e a típica culinária mineira, além dos irresistíveis doces e produtos artesanais. Possuem uma infraestrutura adequada com hotéis e pousadas conceituados.  


 E ainda temos a Estrada Real, as Grutas Mineiras, é também importante rota de Negócios e Eventos por sua excelente infraestrutura. São tantas maravilhas que não cabe uma matéria apenas, precisaríamos de várias semanas para falar de tudo.

Minas Gerais é um estado ideal para renovar as energias e interagir com a natureza e tudo que ela nos traz de bom.

A seguir, vamos conhecer um pouco do vocabulário mieirês:
Em Abril de 2009,  Aécio Never (isso mesmo), assinou um decreto afirmando que, em minas, a língua padrão do estado é o Mineirês.  Sim, esses mineiros malucos tem mania de ficar modificando todas as palavras do português. É tanto que Minas é o único estado do Brasil, junto com a Bahia, a ter como padrão a sua própria língua (Ver Mineirês). Veja alguns exemplos dessa nova língua:
  • Desde ontem = Dêsdonte
  • Antes de onten = Onstronte
  • Aonde é que você está? = Onc cê tá?(pronuncia-se o “C” mudo)
  • Massa de tomate = Masstumate
  • Para quê? = Praquê?
  • Como é que você está? = Cumécocê tá?
  • Que horas são? = Tázoraê?
  • Para onde você foi? = Prundé cocê foi?
  • Aonde é que você vai? = Ondé cocê vai?
  • Por causa de quê? = Causdiquê?
  • litro de Leite = lidi Leiti
  • Parte = Parti
  • Lá longe = Ali na frente (O famoso “ali” de mineiro)
  • Eles pensam que o onibus é deles = Êspenscuônsédês!
  • Casa = Trem
  • Rio = Trem
  • Carro = Trem
  • Bola = Trem
  • Relógio = Trem
  • Muro = Trem
  • Morro = Trem
  • Ônibus = Trem
  • Estrada = Trem
  • Rio = Trem
  • Lagoa = Trem
  • Igreja = Trem
  • Bolsa = Trem
  • Som = Trem
  • Prato = Trem
  • Trem = Negoço(ou coisa)
  • Nossa Senhora Aparecida do Perpétuo Socorro = Nóh
  • Nossa Cara! = Uai Só!
  • Você perguntando para um Mineiro onde que ele mora.

R:Uai só,Uai só,eu só minero,eu só di minas sin sinhô! 
Selma Cabral
0 0 vote
Avalie este artigo!
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Scroll to top
0
Por favor, comente.x
()
x