Com novo Maracanã, Rio ganha também melhor infraestrutura turística:

Obras na capital fluminense somam mais de R$ 40 milhões e contemplam reforma do Cristo Redentor, sinalização e qualificação profissional:
Parte superior do formulário
Parte inferior do formulário
Parte superior do formulário
Parte inferior do formulário
Todas as atenções se voltam para o Maracanã, no Rio de Janeiro, ao ser entregue ao público neste sábado (27), totalmente reformulado. Construído para a Copa de 1950, quando ganhou o título de ‘maior estádio do mundo’, o popular Maraca é o quarto estádio da Copa das Confederações e Copa do Mundo da FIFA 2014 a ser inaugurado. A população fluminense e os turistas dos grandes eventos também poderão usufruir de investimentos de R$ 38,5 milhões para obras de infraestrutura e R$ 3,8 milhões para qualificação profissional.
As obras de infraestrutura turística também compreendem acessibilidade, sinalização e Centros de Atendimento ao Turista (CATs). Parte dos empenhos faz parte do Pacto pelo Desenvolvimento do Turismo, firmado com 16 unidades da federação no final do ano passado. O Rio de Janeiro é a UF com maior número de obras beneficiadas: contará com R$ 1,8 milhão para a reforma do Cristo Redentor, na capital; R$ 6,3 milhões para saneamento ambiental, melhoria e ampliação do píer e Centro de Atendimento ao Turista em Búzios; R$ 1,5 milhão para adequação do atracadouro em Mangaratiba e R$ 3 milhões para implantação de marina em Arraial do Cabo. Os empenhos foram realizados em 2012.
PRONATEC: A qualificação profissional também é uma preocupação do MTur para os grandes eventos. Até 2014, o Pronatec Copa, vertente do Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego) Turismo, parceria com o Ministério da Educação, pretende qualificar 240 mil profissionais em 54 cursos de ocupações de base do setor. O Rio de Janeiro possui o maior número de matrículas em cursos em andamento, dentre as cidades-sede da Copa das Confederações: 5.321 (29%), em 20 cursos. Em cursos iniciados em 2013 são 36 alunos e seis pré-matrículas.
Em outra frente, o MTur realizou convênios de qualificação profissional com as secretarias estadual e municipal de turismo, que beneficiarão 2.740 trabalhadores que têm contato direto com o turista, como taxistas, permissionários de mercados públicos e atendentes de quiosques de praias.
Dois empreendimentos hoteleiros já estão começando a subir, na Barra da Tijuca: os hotéis Hyatt e Hilton já têm 2% da construção, e contarão com financiamentos de linhas de crédito criadas por bancos públicos e articuladas pelo Ministério do Turismo especialmente para a Copa, respectivamente, de R$ 298,5 milhões e R$ 118,5 milhões.
  
Fonte: Ministério do Turismo
Selma Cabral
0 0 vote
Avalie este artigo!
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Scroll to top
0
Por favor, comente.x
()
x