ASSUNTO MUITO SÉRIO: EXPLORAÇÃO SEXUAL DE MENORES, VAMOS ACABAR COM ESSA VERGONHA?

Dados  do governo apontam que de cinco meninas, uma será abusada sexualmente antes de completar 18 anos. E ainda mostram que um menino em cada dez também será abusado neste mesmo intervalo de tempo e quase 8 milhões de crianças desaparecem por ano em todo o mundo. Algumas saem de suas casas para fugirem dos maus-tratos, outras em decorrência da epidemia do crack, ou são subtraídas do seu lar pelo tráfico internacional de crianças.. São números que impressionam, mas, para muitas crianças e adolescentes isto é a realidade.
Este  é um assunto que atinge toda a sociedade organizada ou não, direta ou indiretamente. Crianças e adolescentes têm seus sonhos roubados, pois as agressões deixam marcas  no corpo e na alma.
Desde  que foi criado o Disque 100 para denúncias de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, centenas de denúncias ocorreram o que confirma que não conseguimos proteger nossas crianças como elas merecem.
Sempre achamos que o maior número de vítimas são das regiões Norte e Nordeste do País, devido as condições sócio-econômicas, mas na região Sudeste, justamente a que concentra a maior renda per capita apresenta grande número de denúncias 35% do total. Então, há algo errado e as penas para os agressores são muito brandas quando de fatos esses agressores são punidos, pois, na maioria das vezes, eles se aproveitam da fragilidade física, da dependência emocional e financeira e submetem as nossas crianças e adolescentes a maus-tratos e principalmente ao abuso sexual. As vítimas em sua grande maioria sofrem caladas. Não falam, pois as agressões são veladas e muitas vezes entre quatro paredes e  até por pessoas próximas à família.
Seremos o País sede da Copa do Mundo, das Olimpíadas, receberemos turistas de todo o mundo, e com isto nossas crianças ficarão ainda mais vulneráveis ao turismo sexual, se  não tivermos ações mais eficazes para coibir essas atitudes. É preciso que todos nós brasileiros lutemos juntos para mostrar ao mundo que nossas crianças são nosso maior patrimônio e devem ser protegidas.

Na Copa das Confederações o Ministério do Turismo lançou uma campanha contra a exploração sexual de crianças, é pouco diante dos números alarmantes que temos, mas se cada um fizer um pouco, tremos de fato, ações mais efetivas e quem sabe conseguiremos diminuir esses números nas próximas pesquisas.
Selma Cabral
0 0 vote
Avalie este artigo!
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Scroll to top
0
Por favor, comente.x
()
x