Quem vai aproveitar o feriado de páscoa para viajar com a família, não pode deixar de ir à Gramado, uma das mais belas cidades do Rio Grande do Sul e palco de muitos eventos. E como não poderia ser diferente, vai realizar o Chocofest que agrada as crianças e os adultos também!
Programação:
O Chocofest 2012 que neste ano completa sua décima sétima edição e será realizado de 22/03 a 08/04. Começa com apresentação da peça “O mundo encantado da Páscoa”, que conta a história de um gnomo fabricante de chocolate que consegue, com a ajuda do Coelho da Páscoa e da Fada Cacau, salvar a alegria desta data tão aguardada.
Atenção: Para assistir à apresentação da peça, basta levar um agasalho ou um quilo de alimento não perecível.
A festa continua com o Desfile Universo Polar. Os personagens do festival saem às ruas em carros alegóricos para dar as boas vindas aos participantes.
Ainda estão previstas várias outras atrações para o festival, como paradas para sessão de autógrafos, atendimento ao público exibições teatrais, desfiles, e muito mais. Os vários dias de festa deixam a cidade ainda mais encantadora e criam o cenário perfeito para um passeio que com certeza aguarda a família inteira.
Terá a exposição de ovos feitos pelos artistas plásticos Mirian Birck, Débora Irion, Gilmar Stahi, Isoldi Arend, Mário Palermo e Rita Gil. A missão desses profissionais será criar ovos inspirados em países como Alemanha, Portugal, Egito, Índia, Itália e Ucrânia.
Outro destaque do evento é o concurso de melhor frase. O primeiro colocado ganhará uma cesta de chocolate grande (com um ovo de um quilo) e terá sua frase exibida na mídia do evento. Já o segundo e o terceiro lugar ganharão uma cesta média (com ovo de 750 gramas) e uma pequena (com ovo de 500 gramas), respectivamente.
Para participar, é só enviar sua frase através do site: www.chocofest.com.br.
Os ingressos custam: R$30,00,/ R$25,00 e R$20,00, depende da atração. Menor de idade tem desconto de 50% e crianças até dois anos não pagam.

Vale a pena!!
Santa Catarina é um dos mais belos estados do Brasil que soube aproveitar as belezas naturais, o clima frio, sua cultura diversificada e construiu cidades modernas e bem estruturadas. Não é a toa que é conhecida como Bela Santa Catarina!

Sua capital Florianópolis é uma das cidades mais badaladas do Brasil, com uma excelente infraestrutura para eventos, congressos convenções, competições esportivas, shows e espetáculos,  redutos de modelos e famosos e onde se encontra o maior número de gente bonita por metro quadrado. Haja folego heinn!!!

No Brasil, temos praias maravilhosas, algumas com certeza estão  em Santa Catarina, além de uma região de serras e cânions com paisagens deslumbrantes.


Possui também vários locais para prática de ecoturismo, turismo rural e esportes radicais. Muitos resorts para relaxar e curtir a vida seja a dois ou com a família e regiões que ainda mantém vivas as tradições dos colonizadores, alemães, italianos, açorianos, gaúchos,  e uma gastronomia sem igual.

Com um povo alegre e hospitaleiro, infraestrutura de alto padrão, diversidade geográfica, histórica e cultural, é o estado com desenvolvimento mais bem distribuído do Brasil, possui ainda um dos melhores índices de segurança do país.

Só isso já seria motivo suficiente pra conhecer Santa Catarina, mas com certeza, existem muitos outros.

O meu lugar preferido é Balneário Camboriú, simplesmente maravilhoso…

Para conhecer mais sobre Santa Catarina é só entrar no site: www.sc.gov.br.

Mas o melhor mesmo é ir até lá.
Quem nunca recebeu e-mails com várias promoções de viagens a preços bem baratinhos? E ficou com aquela vontade de comprar na mesma hora?

É sempre muito tentador afinal, quem não quer viajar gastando pouco?  E a apenas um clik, fácil, rápido e barato?

Mas cuidado, ultimamente os sites de compras coletivas também chegaram à área de turismo, e na verdade são milhares, mas cabe analisar muito bem, pois sempre o valor é muito inferior ao praticado pelo mercado, só isso já cabe tomar mais cuidado, e o mais importante é saber exatamente como funcionam as compras coletivas, pois elas possuem muitas regrinhas e artimanhas.

E nem tudo que parecia tão fácil pode ser exatamente como imaginamos. Aquele ditado antigo: O barato sai caro, cai muito bem nesses casos.

Mas calma, nem todas as agências on line são inseguras, existem muitas sérias e respeitadas, deve-se tomar cuidado, como em toda compra, ler com atenção tudo que está no site, e se o preço realmente estiver muito abaixo do mercado, é melhor desconfiar e conferir com atenção.

Pesquisar sempre, essa é a regra de ouro que vale pra tudo. E acreditem: evita muitos aborrecimentos.

Alguns cuidados que devem ser tomados antes da compra para evitar aborrecimentos futuros:

·         Ler atentamente todas as regras e o regulamento, prazo de validade, número de cupons e condições de atendimento sobre o produto ou serviço a serem adquiridos;
·         Pesquise. Mesmo em sites de compras coletivas, onde há prazos curtos para aquisição, o consumidor deve avaliar se realmente está comprando algo que vale a pena;
·         Avalie se será mesmo possível consumir ou aproveitar o que está sendo oferecido. Veja se as datas disponíveis para usar o pacote se encaixam na sua agenda;
·         Caso o consumidor se arrependa da compra, poderá devolver, para quaisquer dos responsáveis (ou seja, o site de venda ou o fornecedor) o produto ou, no caso de viagens, o pacote, no prazo de sete dias. Além de solicitar a devolução das quantias pagas, inclusive do frete, se houver;
·         Antes da compra, no entanto, vale certificar-se de que o consumidor tem canais de comunicação suficientes para efetuar reclamações ou devoluções do que comprou.

Fonte: Instituto de Defesa do Consumidor (IDEC).
Depois de tantos problemas a bordo dos navios de cruzeiros nessa temporada. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulga pela primeira vez o ranking oficial das blitze feitas nos navios da costa brasileira. Feita com base na primeira fiscalização em navios no período de outubro de 2011 a maio de 2012.

 A lista classifica os navios em quatro categorias: A, B, C e D, de acordo com o grau de risco para saúde que cada embarcação apresentou na primeira fiscalização realizada pela Agência, na chegada desses cruzeiros ao Brasil.

A maioria das embarcações encontra-se na categoria B, ou seja, com boas condições sanitárias (acima da média). Quatro navios apresentaram excelentes condições e foram englobadas no padrão A da Anvisa.
Apesar de a maioria das embarcações estarem classificadas nos padrões A e B, as principais irregularidades encontradas durante as inspeções estão relacionadas aos serviços de alimentação, falha no monitoramento dos padrões de potabilidade da água e a presença de objetos estranhos na sala de ar condicionado.
Na última temporada (2010/2011), 38% dos casos de doença a bordo de navios de cruzeiro foram de diarréia aguda, tendo como principal agente causador o norovírus.   Esse vírus é, geralmente, transmitido por meio da ingestão de alimentos contaminados. 
Apesar da fácil disseminação e contágio, as infecções por norovírus, em geral, não são graves. Os sintomas se iniciam de 24 a 48 horas após a contaminação e são marcados por um quadro de diarréia aguda.
No que diz respeito aos serviços de alimentação, além do risco de contaminação cruzada, foram detectadas falhas no controle de temperatura de alimentos. Outra irregularidade freqüente é a existência de alimentos fracionados sem identificação e a constatação de alimentos fora do prazo de validade.

Mas cabe uma avaliação pessoal: Será que nunca nos preocupamos com essas questões antes? Sempre achamos os navios um primor de limpeza e higiene, ou porque não temos acesso à área de tripulantes, cozinhas e etc? O fato é que o simples ato de lavar as mãos sempre antes de qualquer coisa já vale muito e não custa nada!

Tá certo que ao longo dos anos, aumentou muito o número de passageiros e as temporadas foi ficando mais longas, mas nunca soubemos de tantos casos de epidemias a bordo, como nos últimos dois anos. E se analisarmos bem, é doenças transmitidas por vírus que rapidamente pode gerar um surto na embarcação.

É bom ficarmos atentos e de agora em diante as Companhias dos Cruzeiros devem aumentar os cuidados com a higienização dos navios.

Para saber na íntegra o ranking oficial da Anvisa é só entrar o no site:

Semana Santa
Mais um feriado a vista: O Feriado de Páscoa. No Brasil a Páscoa é celebrada de várias maneiras – Há quem siga as tradições e também quem aproveita para descansar ou para viajar e conhecer mais um lugar diferente. 
Em toda parte, procissões, festas, festivais e outras manifestações tomam conta das cidades, garantindo o encanto e a emoção do público. E todos os hotéis preparam uma programação especial seja para famílias inteiras, casais, para quem quer apenas relaxar com direito a massagens e dieta especial, opções é que não falta.
O melhor da Semana Santa no Brasil:

Nova Jerusalém, Pernambuco:

Nova Jerusalém é o destino de Páscoa mais tradicional do Brasil. É nessa pequena cidade teatral que acontece a maior encenação da Paixão de Cristo do país. São esperados mais de 160 mil pessoas este ano e as apresentações serão de 30 de março a 07 de abril. Os ingressos vão de R$ 60 a R$ 90.
Com efeitos especiais, um cenário grandioso e equipamentos de última geração, impossível não se sentir parte dessa história.
Nova Jerusalém está no distrito de Fazenda Nova, a 180 km de Recife. A peça contará com o ator pernambucano José Barbosa no papel de Jesus e com o global Caco Ciocler como Judas, entre outros grandes nomes.

Salvador, Bahia:

Toda hora é hora de aproveitar o sol e o mar. E disso a Bahia entende! A capital Salvador é muito procurada no feriado de Páscoa, e não apenas por sua beleza única.
A Procissão do Senhor Morto, que acontece na sexta, é um o auge da Semana Santa. Moradores e turistas partem da Igreja do Carmo e percorrem as ruas do centro, em uma homenagem emocionante.
Aproveite também para descobrir por que Salvador está entre os Patrimônios da Humanidade da Unesco. A área entre os bairros Sé, Pilar e Pelourinho tem mais de 300 igrejas, muitas delas com celebrações programadas para a Páscoa.
Dá pra visitar ainda o Elevador Lacerda, o Farol da Barra, conheça o Candomblé, prove os pratos típicos baianos e reserve alguns dias para as praias Piatã, Itapuã, Patamares, Porto da Barra e Praia do Farol da Barra, cenário de grandes eventos na capital.

Ouro Preto, Minas Gerais:

O clima apaixonante das cidades históricas de Minas Gerais certamente não cabe em um texto. Ouro Preto, uma das mais conhecidas entre elas, foi o primeiro destino brasileiro a ser declarado Patrimônio da Humanidade pela Unesco, ainda na década de 1980.
Ruas de pedra, casarões de época e belíssimas igrejas esperam pelos turistas em terras mineiras. Ouro Preto preserva grande parte das construções da antiga Vila Rica: uma verdadeira coleção de obras barrocas de valor inestimável, como a Igreja da Nossa Senhora do Pilar.
Entre os outros tesouros da cidade estão o Largo de Coimbra, o Teatro Municipal, a Casa do Ouvidor e a Casa dos Contos.
Durante o feriado, os visitantes ainda têm a oportunidade de caminhar pelas ruas cobertas pelos tapetes de serragem. É por elas que passa a Procissão da Ressurreição no domingo de Páscoa, uma cerimônia que acontece desde 1773.

Goiás Velho, Goiás:

A cidade de Goiás Velho, provavelmente, tem uma das comemorações mais surpreendentes na Semana Santa. Na quinta-feira, 40 homens encapuzados caminham pelas ruas do Centro Histórico segurando tochas, enquanto entoam músicas sacras.
Todas as luzes do centro são apagadas para a passagem da Procissão do Fogaréu, uma tradição que teve início em 1745. Hoje, o evento é acompanhado por cerca de oito mil pessoas.
procissão começa à meia-noite e simboliza a busca e a prisão de Jesus. Os homens com capuzes coloridos, chamados farricocos, representam os soldados romanos.
Vários pontos do caminho também assumem papéis simbólicos: a Igreja do Rosário é o local da Última Ceia, a Igreja São Francisco de Paula é o Monte das Oliveiras. A imagem de Jesus, carregada pelo farricoco branco, simboliza sua captura.
Nesse ano, a procissão acontecerá no dia 5 de abril, com concentração em frente à Igreja Nossa Senhora da Boa Morte.

 Bom feriado!


Essa ainda não acabou, mas já estamos pensando na próxima e as operadoras também.
Pelo que tenho acompanhado, elas prometem navios gigantes para o Brasil, que comportam um número bem maior de passageiros. Isso é bom?
Depende do ponto de vista: É bom porque os navios são belíssimos, enormes, principalmente para quem adora admirá-los (como eu, confesso rsrs). Para quem viaja, é bom? Não sei, porque as filas nos restaurantes vão ser grandes, banheiros comuns, enfim, o serviço fica mais lento, natural serão quatro mil e tantas pessoas para serem atendidas.
Há passageiros que não ligam, mas acho que um serviço mais personalizado, para um número menor de pessoas sempre é mais atrativo.
Tem que se pensar também e principalmente na logística de tudo isso: o atendimento no terminal, o embarque, o impacto que os ônibus de turismo e os carros vão causar na cidade e vias, imaginem em um mesmo dia dois navios enormes e uns dois ou três menores, quantos pessoas terão no terminal?
Também temos que pensar nos procedimentos de segurança e de higiene, porque nessa temporada tivemos muitos problemas com vírus e bactérias, e quanto maior o número de pessoas num mesmo ambiente, maior o risco de transmissão de doenças infectocontagiosas.  É legal elaborar uma cartilha orientando os passageiros a lavar as mãos antes das refeições, não deixar a comida destampada, mesmo que atrás dele tem gente para se servir as regras básicas e simples do dia a dia que às vezes quando estamos viajando esquecemos.  
Mas vamos aguardar e tenho certeza que os navios vão nos proporcionar um lindo espetáculo quando passarem pela Ponta da Praia em Santos.

  

E para quem não perde uma temporada sem realizar ao menos um cruzeiro, é só aguardar e aproveitar.
Todos os dias no horário das 18h, temos a oportunidade de apreciar as  belíssimas imagens da Ilha de Marajó, e até de nos encantarmos com a vida simples da pequena Vila, um contraponto com a loucura das grandes cidades e até com a nossa própria vida corrida, o que as vezes é muito bom fazermos uma pausa, dar uma respirada e mesmo que por meia hora, vale a pena parar em frente da televisão e se desligar olhando as paisagens, as fotografias são maravilhosas e cada por do sol, ou cada luar nos faz ao menos por um instante esquecer dos problemas e simplesmente contemplar, para mim é melhor que terapia…
Resolvi dar uma pesquisada e ver o que tem de bom por lá, pessoal, o lugar é mesmo incrível!
Parte do maior arquipélago fluvial do mundo, a Ilha de Marajó está localizada na foz do Rio Amazonas e é maior do que a Suíça. Um verdadeiro santuário ecológico, com grandes fazendas de criação de búfalos. 

Florestas, praias de rio, lagos de diversos tamanhos, igarapés, dunas, e uma rica fauna. A população é animada e hospitaleira. Imperdível na ilha é participar do Carimbó, uma dança folclórica tão divertida que vai até o dia amanhecer. 

O turismo na Ilha de Marajó vem crescendo e, com ele, a infraestrutura se desenvolve oferecendo cada vez mais conforto aos visitantes. 

COMO CHEGAR: 

Avião: até Belém (Pará) vôos regulares.

Barco: de Belém partem barcos do Cais Escadinha. A duração desta viagem é de duas horas. 

De Icoaraci (Pará) – 21 Km de Belém – partem balsas e a viagem dura 3 horas e meia.

O que fazer?
Fazendas: Embora mantenham suas atividades normais de pecuária, também recebem turistas, organizam passeios em trilhas, de barco ou montando búfalos, assim, os visitantes entram em contato com o meio ambiente local. Também dá para se hospedar em uma típica fazenda nos campos do interior da ilha.
Museu do marajó: Fica na pequena cidade de Cahoeira do Arari, a 75km de Soure, por estrada de terra que percorre a planície.  A Viagem até lá é uma oportunidade de entrar em contato com o exótico ambiente do interior da ilha. Expõe peças da antiga cerâmica marajoara, encontrada em escavações, além de artesanato e objetos típicos da cultura regional.
Praias: As bonitas praias do pesqueiro, Araruna e Barra Velha ficam próximas ao Centro de Soure.  As praias de Joanes, Monsarás e Grande ficam no município de Salvaterra, a maioria tem areias claras, pequenas dunas e mar azul. Nas mais movimentadas, há barracas rústicas que servem bebidas e petiscos.
Dicas de Viagem:
·         A melhor época para se visitar a Ilha vai de junho a janeiro, período em que não chove tanto, tornando os passeios mais fáceis.
·         Vacinar-se contra febre amarela com pelo menos 15 dias de antecedência;
·         É proibido caçar na Ilha.
Leve Sempre:
·         Roupas Leves;
·         Boné;
·         Calçado para caminhada;
·         Máquina fotográfica;
·         Protetor Solar;
·         Repelente;
·         Roupas de banho.
E boa viagem!!!!

EE
Muita coisa, um exemplo: tudo é pensado para despertar no leitor o desejo de conhecer aquele lugar, os filmes, as novelas são excelentes meios para conquistar um público fiel, e não só para ficar sentado em frente a tela assistindo e sim para ir até lá e ver como é na realidade.

Querem ver um exemplo pessoal? Desde muito cedo, sempre fui apaixonada pelos livros, e sempre que lia um ficava imaginando como seriam os locais ali descritos, e o que mais gostava era quando um livro que já tinha lido era adaptado para um filme ou novela, nossa, era maravilhoso porque eu ficava comparando se estava igual o que tinha pensado, e sempre gostei dessa seqüência: primeiro ler e depois ver na TV ou no cinema, às vezes o filme fica muito bom, outras nem tanto.

Outro exemplo: estava assistindo um capítulo de uma novela cuja locação era em Porto Alegre, o lugar é lindo, (a fotografia estava maravilhosa), bem cuidado, me deu uma vontade na hora de fazer as malas e ir pra lá na mesma hora.
Não é por acaso que as novelas e filmes nos contemplam com paisagens maravilhosas e sim para nos chamar atenção e despertar a curiosidade de conhecer determinado país ou cidade.
Quem nunca assistiu a um filme e pensou em um dia visitar exatamente o local da cena. Eu sempre fiz isso, e ainda tenho outros tantos lugares para conhecer.

Os meus filmes inspiradores são: Outono em Nova York, onde o Central Park chama a atenção, Mama Mia, o mar e as Ilhas da Grécia que aquele azul só tem lá, é impossível não ficar com vontade de dar um mergulho, Meia Noite em Paris que sempre nos encanta com seu romantismo, Cartas para Julieta, onde a magnífica paisagem da Itália nos faz sonhar…

E tantos outros que já conheci e ainda muitos que quero conhecer.

Experimente e observe e decida qual será o seu próximo destino.  


A Uniesp: Faculdade do Guarujá sediará em 19 de abril a primeira edição do Seminário de Hospitalidade do Litoral Paulista (SEHLIPA), que acontece paralelamente a programação da Semana de Integração Universitária.

O SEHLIPA pretende reunir executivos, empresários e lideranças setoriais ligados ao setor de serviços para discutir sobre os diversos entendimentos sobre a ‘Hospitalidade’ no contexto organizacional. O objetivo é consolidar-se como espaço para a reflexão e a intercâmbio de experiências em torno da gestão da qualidade de vida no trabalho e o bem estar dos colaboradores.

Para sua primeira edição estão programadas duas palestras. Uma delas com o Consultor e Escritor Luiz Gabriel Tiago, o ‘Sr. Gentileza’, e a seguinte da Diretora do Instituto Brasileiro de Hospitalidade Empresarial, Beatriz Cullen. Esses profissionais farão abordagens diferentes, mas complementares sobre o tema do evento: a hospitalidade no contexto empresarial. O pano de fundo da discussão sobre esse assunto é a qualidade de vida no trabalho.

O Seminário de Hospitalidade do Litoral Paulista é uma realização da [RH em Hospitalidade] e uma co-realização do Instituto Brasileiro de Inclusão Social pelo Turismo. O evento conta com o apoio institucional da Prefeitura Municipal de Guarujá, por meio da Secretaria de Turismo, Federação dos Convention & Visitors Bureaux do Estado de São Paulo (FC&VB SP), do São Paulo Convention & Visitors Bureau (SPC&VB), da Associação dos Municípios de Interesse Cultural e Turísitco (AMITur), da Associação Brasileira de Bacharéis em Turismo do Estado de São Paulo (ABBTUR São Paulo), do Santos e Região Convention & Visitors Bureau e da Associação das Prefeituras de Cidades Estâncias do Estado de São Paulo (Aprecesp). A organização está sob responsabilidade da Novo Mundo Assessoria e Projetos.

..:: Programação:

13h00 – 13h30: wellcome coffee e credenciamento

13h30 – 14h00: apresentação de abertura

14h00: palestra com Beatriz Cullen, Diretora do IBHE

15h30: coffee break

16h00: palestra com Luiz Gabriel Tiago, ‘Sr. Gentileza’

17h30 – 18h00: apresentação de encerramento e espaço para networking

..:: Conheça os palestrantes:

Luiz Gabriel Tiago, o ‘Sr. Gentileza’: Escritor, Palestrante e criador da metodologia inédita da ‘Gentileza no Trabalho’, autor dos livro ‘Como driblar a raiva no trabalho’ e o inédito ‘Gentileza no Trabalho’. ‘O local de trabalho, mesmo em muitos casos, sendo um local de competição, deve ser um ambiente saudável e orientado a resultados positivos, tanto para a empresa quanto em relação à qualidade de vida dos colaboradores. Mas, quando o clima fica tenso, as fofocas de bastidores atacam e a falta de ética dos colegas começa a minar as relações interpessoais… surgem inúmeros problemas que, quando não solucionados levam à altos índices de turn over, desmotivação, baixa produtividade e péssimos resultados’. Saiba mais: 

Beatriz Culllen, Instituto Brasileiro de Hospitalidade Empresarial: Gestão do relacionamento empresa cliente voltada para a prática da hospitalidade como fator diferencial do serviço. Implantação do conceito e processos voltados à hospitalidade. Avaliação de empresas quanto ao ser hospitaleira no seu relacionamento interno e externo. Preparação de ambientes empresariais no aspecto físico (decoração, layout, iluminação) voltados ao acolhimento. Comunicação empresarial com ênfase na hospitalidade. Monitoria da qualidade das centrais de relacionamento com foco na comunicação e atitude hospitaleira. Pesquisa de Satisfação sobre serviços – presencial e por telefone. Implantação de SAC, Central de Relacionamento em empresas, com foco na estruturação: processos, ambiente, pessoas, relatórios e indicadores para medidas de desempenho e satisfação do cliente. Implantação de Ouvidoria em diferentes segmentos de empresas. Implantação de Concierge Empresarial. Recrutamento e Seleção de gerente, supervisor ou coordenador para a área de relacionamento com o cliente. Saiba mais:

..:: Serviço:

Data: 19 de abril de 2012
Horário 13h00 às 19h00
Local: Uniesp Campus Guarujá. Av. Adhemar de Barros, 820. Bairro Santo Antonio.
Previsão de participantes: 100 pessoas
Público-alvo: empresários, executivos e demais lideranças setoriais
Website: www.sehlipa.com
E-mail: sehlipa@rhemhospitalidade.com

Onde você encontra as mais belas cachoeiras, paisagens paradisíacas.
O que mais gosto de fazer é contemplar a natureza, caminhar sem pressa, tomar banho de cachoeira, ver a lua Cheia e descansar, literalmente…

Para quem quer radicalizar pode Aventurar-se por trilhas, andar de bicicleta, desvendar as estradas vicinais de 4×4, rapel nas cachoeiras. Voar na tirolesa do Vôo do Gavião, o que não faltam são opções…

Para comer, ninguém pode deixar de comer o arroz com pequi- (fruta nativa do cerrado brasileiro, muito utilizado na cozinha nordestina, do centro-oeste e norte de Minas Gerais. O pequizeiro é uma arvore protegida por lei que impede seu corte e comercialização em todo o território nacional), simplesmente delicioso, de sobremesa o Furrundu (doce de mamão ralado feito com rapadura).

Vamos conhecer um pouco da Chapada:  

O Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, com seus portões de entrada localizados na Vila de São Jorge, ganharam fama pela beleza de suas cachoeiras, cânions, e a biodiversidade do cerrado com sua riquíssima flora e fauna. Uma das mais antigas formações geológicas do mundo, com cerca de 1,6 bilhões de ano, ponto mais alto do Planalto Central, é anterior à floresta Amazônica e à Mata Atlântica. Seu cerrado surpreende pela variedade de flores, como canelas de ema, bromélias, orquídeas, sempre vivas e flores que resistem aos incêndios, florescendo logo após as queimadas.

Pode-se curtir a revoada de papagaios, araras e tucanos, ouvir o pica-pau e ver o gavião carcará que pega, mata e come pequenos animais silvestres. Nas caminhadas ainda se vê lobos guarás, raposas e, com sorte, veados campeiros que já foram numerosos na região. Antas, onças e tamanduás são vistos mais raramente. 

O cristal de quartzo é a marca registrada da região e encanta a todos exercendo especial atração sobre os esotéricos. O que brilha no chão são lascas do Cristal Manhoso.
Controlado pelo Ibama o Parque permite visitas acompanhadas por guias autorizados e treinados. Não é permitida a entrada de animais de estimação.

O Brasil é realmente cheio de lugares surpreendentes!


Selma Cabral

Contato

Praça Mauá – 16A

Santos/SP – Brasil

13-9-97365637

Newsletter

©Turismo & Ideias – todos os direitos reservados.

Newsletter

Contato

Praça Mauá – 16A

Santos/SP – Brasil

13-9-97365637

©Turismo & Ideias – todos os direitos reservados.