Deve estar capacitado para trabalhar em hotéis, Companhias Aéreas, Agências de Viagens, Navios de Cruzeiros, Organização de Eventos, Lazer e Recreação e etc.

Mesmo com os tradicionais roteiros de férias, no litoral surgem a cada ano novas possibilidades com o Ecoturismo, Turismo Histórico, Turismo e Negócios, Turismo Gastronômico e o Turismo Cultural.

A força desse segmento é capaz de alavancar a economia nas diferentes regiões que descobrem seu potencial turístico e realizam estratégias para atrair clientes desses serviços, fazendo com que outros segmentos econômicos acompanhem o desenvolvimento local.

O mercado de trabalho para o profissional de turismo mostra-se promissor e dinâmico para os bons profissionais, é preciso ficar atento para as reais necessidades e perceber onde estão as oportunidades e ir buscar. Isso requer sair na frente, se manter informado e atualizado.

Temos sempre que lembrar que Turismo é gente atendendo gente, por isso o bom atendimento é de extrema importância e na maioria das vezes faz toda a diferença.

E como o bom atendimento é garantia de sucesso temos algumas regrinhas:
·         Presteza: desejo de ajudar o cliente e fornecer pronto serviço;
·         Competência: capacitação de recursos humanos e tecnológicos;
·         Cortesia: educação, respeito, consideração e cordialidade;
·         Confiabilidade: capacidade de cumprir o prometido;
·         Credibilidade: transmissão de confiança, honestidade;
·         Segurança: sigilo nos negócios, segurança pessoal e do patrimônio;
·         Facilidade de acesso: aos fornecedores de produtos e serviços;
·         Comunicação: manter o cliente informado com linguagem compreensível;
·         Adaptabilidade: capacidade de resposta rápida a imprevistos.
·         Ousadia: propor e assumir sempre novos desafios.

Preparados?
Quem não se lembra da Garota de Ipanema? Olha que coisa mais linda, mais cheia de graça, ela menina, que vem e que passa no doce balanço, a caminho do mar.
Moça do corpo dourado, do sol de Ipanema, o seu balançado é mais que um poema, é a coisa mais linda que eu já vi passar…
Dá pra resumir o Rio de Janeiro em letras de músicas, são tantas que dá pra descrever todo o estado só com elas. Cantado em verso e prosa, palco da bossa nova e tantas outras manifestações culturais…
Com um litoral privilegiado, desenhado em meio a enseadas, baía, restingas e todo o esplendor do mar. Na zona sul, os calçadões ondulados de Copacabana onde tudo acontece desde o réveillon mais elogiado do mundo aos mega shows; a pedra do arpoador separa praias exuberantes que contracenam com um maravilhoso pôr do sol; Ipanema e Leblon permeiam bairros nobres, consagrados pela mídia e quem assiste novelas, já conhece de cor, pois 

Manoel Carlos é mestre em mostrar a vida nesses bairros e ainda são contemplados com a Lagoa Rodrigo de Freitas outro cenário de novelas, saúde e entretenimento. Impressionante, todos correm na Lagoa!

Na zona oeste, praias ainda mais paradisíacas integram áreas de preservação ambiental, como Grumari e Prainha. No centro, além de complexos histórico-culturais e da boemia da Lapa – isso sim são vida boa e a cara do Rio, a estação das barcas permite um adorável passeio marítimo até o outro lado da baía de Guanabara, a cidade de Niterói, que guarda também praias oceânicas, centros gastronômicos à beira-mar (São Francisco) e o maravilhoso Caminho Niemeyer, onde se ergueram deslumbrantes projetos do renomado arquiteto.

Outros cenários cariocas que lideram entre os cartões postais mais procurados representam grandes riquezas turísticas: o majestoso Cristo Redentor – uma das maravilhas do mundo, o incomparável Pão de Açúcar, o ícone futebolístico do país (estádio do Maracanã) e o Carnaval então, atraem gente do mundo inteiro, famosos e anônimos, todos querem ver e aproveitar o melhor carnaval.

Há ainda um ecoturismo por trás de verdadeiros santuários ecológicos como o Jardim Botânico e a Floresta da Tijuca, a maior floresta urbana do mundo, onde são reunidos muitos outros mirantes além do Corcovado, a Vista Chinesa e o Mirante Dona Marta. Os mais excêntricos podem inovar o passeio num jipe, ou quem sabe num helicóptero.

Na área de lazer, o que não falta são parques temáticos (seja aquático, ou de diversão) e naturais (Laje, Marapendi, Chico Mendes). Mesmo os públicos, de grande porte, provam que qualidade nem sempre está associada à privatização. É o caso do Solar Quinta da Boa Vista próximo ao Jardim Zoológico.

À noite, boates, pubs, shows e Centros Gastronômicos, reúnem boa música e culinária de primeira. Opções para todos os gostos e bolsos, o Rio de Janeiro atrai o mais diverso público, que encontra na Cidade Maravilhosa, um verdadeiro paraíso para o turismo de qualidade.


E o carioca, com seu sotaque é um caso a parte, existe todo um jeito carioquês de falar, andar e curtir a vida, mas que é reconhecido no mundo todo por ser um povo alegre, receptivo e simpático.

Famoso em todo o mundo por realizar as mais animadas festas e por fazer com que os visitantes sejam bem-vindos, o Rio de Janeiro é mais do que a Cidade Maravilhosa reconhecida pelo mundo, é uma cidade onde o visitante pode viver o lifestyle carioca como se fosse local.
A diversidade é parte da rotina diária dos habitantes do Rio, que convivem em harmonia independentemente de raça, credo ou orientação sexual. A demonstração de afeto público entre casais do mesmo sexo é garantida na Cidade do Rio pela lei Municipal 2475/96 e pela lei Estadual.
 
Não à toa, o Rio ganhou o titulo de Best Global Destination para o turismo gay e melhor destino sexy do mundo pela Logo MTV.
Nossa, faltou ainda Petrópolis (aliás, é um dos meus lugares preferidos), Búzios, e tantos outros. Ah! E o carnaval então: sem palavras, mas vamos deixar pra outro dia….

Está mais acessível às classes mais populares. Nichos de mercado ingressando no turismo (faixas etárias, grupos sociais). Aumento gigantesco no volume de viagens e rapidez de informação.
Economia de escala: vender mais barato para vender mais.
E quais os desafios?
·         Constante renovação do produto turístico;
·         Preços baixos aliados à Qualidade;
·         Mais dinamismo;
·         Absorção de volumes, alcançando maior número de turistas;
·         Ofertas variadas para diversas faixas etárias e classes sociais;
·         Maior versatilidade e rapidez;
·         Aumentar a permanência do turista, ocupando-o com atividades diurnas e noturnas.
Oferecer opções variadas num mesmo destino turístico. Aumentar o número de ofertas de entretenimento e lazer:
·         Casas de espetáculos;
·         Discotecas e danceterias;
·         Restaurantes;
·         Teatros, cinemas, cinemas especiais (IMAX, 3D, STADIOUM, MULTIPLEX);
·         Shopping
·          Parques Temáticos e aquáticos
·         Aquários e museus
·         Arenas e estádios.
Esses componentes formam a indispensável infraestrutura de qualquer destino turístico moderno.
 A globalização da economia de escala teve papel preponderante das atividades de lazer e entretenimento. Alguns benefícios sociais e econômicos das atividades de lazer e recreação:
·         Alta geração de empregos com mão de obra não especializada, uma vez que os futuros funcionários são treinados de acordo com a filosofia da empresa;
·         Aumento da permanência do turista gera o aumento da ocupação hoteleira, bem como o aumento do gasto per capita.
Promove também o aumento da cadeia econômica (agências, publicidade, veículo de mídia, etc.). O lazer também é oferecido à população local, promovendo também um maior estímulo às atividades culturais, ocupação para artistas, músicos.
A partir do momento que a cidade oferece várias opções de lazer e recreação, as pessoas enquanto se divertem, usam o transporte coletivo, os bares e restaurantes, vão comprar ingressos para assistir aos espetáculos, vão ocupar hotel ou pousada, agencias de viagens.

Enfim, cria-se um leque de opções que só vem a favorecer a economia local, aumentando também a oferta de postos de trabalho para profissionais de turismo.
Como sabemos a cidade de Santos no litoral Sul de São Paulo, comemora hoje 466 anos com uma extensa programação cultural, e algumas atividades seguem até dia 29/01.
Santos vive um ótimo momento com o pré-sal, o porto e o turismo,  a recuperação do Centro Histórico, e ainda a tão aguardada (pelo menos por mim), construção do complexo turístico, cultural, náutico e empresarial do Porto Valongo Santos  e ainda vive o maior boom imobiliário dos últimos tempos.
Resumo da História só para lembrar um pouquinho: Em 1546, Santos foi elevada à categoria de Vila e, em 26 de janeiro de 1839, passou a ser cidade, tendo desempenhado papel relevante na independência do País e na abolição da escravatura. Abrigou milhares de escravos em quilombos na área continental, fugidos das fazendas de café do planalto paulista. O trabalho foi tão intenso que, três meses antes de a Lei Áurea ser promulgada, já não havia escravos em Santos. Posteriormente, a população participou da campanha pela República, organizando listas de assinaturas, comícios, movimentos.
A princípio constituída por portugueses, espanhóis, indígenas, negros e seus descendentes, no início do século XIX a população recebeu imigrantes europeus, na maioria portuguesa, espanhola, italiana, síria e libanesa, incorporada às atividades do porto cafeeiro e do comércio.
Na segunda metade do século XX, a população cresceu com a chegada de migrantes nordestinos, atraídos pelo mercado de trabalho do parque industrial de Cubatão, município vizinho. O movimento operário ganhou força por meio dos sindicatos dos portuários e dos trabalhadores da construção civil.
Localizada a 68 Km da capital paulista, a atual população de Santos gira em torno de 417.983 habitantes.
O que fazer em Santos no feriado chuvoso….
Não dá pra ir à praia, nem andar de bicicleta, skate, e muito menos caminhar no calçadão.

Mas em compensação dá pra ir ao cinema, no teatro em um bom restaurante, conhecer museus e igrejas.

Almoçar no Centro Histórico e depois tomar um delicioso café na Bolsa Oficial de Café e aproveitar pra conhecer o Museu do Café e ainda tem as seguintes opções:
·         Mosteiro de São Bento e Museu de Arte Sacra (possui o 2º maior acervo do Estado de São Paulo)
·         Pantheon dos Andradas
·         Complexo do Carmo (visita monitorada ao Convento do Carmo e Igreja da Venerável ordem Terceira do Carmo – uma das mais antigas da cidade.
·         Memorial das Conquistas, do Santos Futebol Clube

·         Memorial Necrópole Ecumênica (o maior cemitério vertical do mundo, registrado pelo Guinness Book)
·         Pinacoteca Benedicto Calixto
·          Basílica Menor de Santo Antônio do Embaré (visita monitorada).
E para terminar o dia, já que está chovendo, você saborear um delicioso jantar em um restaurante da orla e apreciar a vista.
Parabéns Santos!!!

Hoje  São Paulo faz aniversário e feriados em meio de semana não dá pra viajar, nem ir muito longe, mas dá sim pra conhecer lugares que as vezes na correria do dia a dia não damos tanta importância. 



Essa é a minha sugestão e também alguns lugares para se divertir, tomar um café e o que mais vier à imaginação…..

Mercado Municipal de São Paulo:

Uma visita obrigatória, sem dúvida nenhuma  um do mais tradicionais pontos gourmet da cidade. Quem nunca ouviu falar do super sanduiche de mortadela ou o pastel de bacalhau?
É possível encontrar de tudo: de frutas e legumes fresquinhos a carnes, peixes, aves e frutos do mar a massas, doces e especiarias- que eu particularmente adoro, a produtos importados de primeira linha.
Já pensou em saborear um delicioso prato e ainda apreciar a beleza arquitetônica do Mercadão?
O prédio foi projetado pelo escritório do arquiteto Francisco ramos de Azevedo em 1926, e inaugurado em 25 de janeiro de 1933. Os vitrais foram executados pelo artista russo Conrado Sorgenicht Filho, famoso pelo trabalho realizado na Catedral da Sé e em outras 300 igrejas brasileiras. No total são 32 painéis subdivididos em 72 lindos vitrais.
Ocupa um espaço de 12.600 m² de área construída às margens do rio Tamanducateí.
A beleza do prédio é indiscutível, vale a pena conhecer e admirar porque é realmente lindo, e dá para ir com família toda,  passar o dia todo e comer muito bem.
E o melhor de tudo é em São Paulo e é pertinho!!!!
Mas São Paulo tem muitos lugares para conhecer, um para cada momento e estado de espírito.
Os melhores lugares para comer, beber e se divertir na cidade:
São apenas sugestões, cada pessoa tem o seu lugar preferido.
Restaurantes:
Tordesilhas é o melhor em comida brasileira
Varanda Grill serve a melhor carne da cidade
Rua General Mena Barreto, 793, Itaim Bibi/ São Paulo www.varandagrill.com.br/ Telefone: (11)3887-8870
Comida italiana do Fasano é a melhor:
R. Vitório Fasano, 88 – Cerqueira César – Oeste. Telefone: 3062-4000.
Aceita os cartões Amex, Diners, MasterCard, Visa.
Aceita cheques. Não faz entrega em domicílio. Aceita reservas. Tem ar-condicionado. Tem acesso para deficiente. Não tem mesas ao ar livre. Proibido fumar. 80 lugares. Estac. c/ manob. (R$ 15). Segunda à sábado: 19h30 à01h.  
Bares:
ASSIM ASSADO
Alameda dos Aicás, 1.185, Moema, tel. 5041-0964,
www.assimassado.com.br. Desde 2004. Ter. a qui. 18h/0h; sex. 18h/1h; sáb. 13h/1h; dom. 13h/20h. Cc: American Express/ Diners/ Mastercard/ Visa. Cd: Mastercard Maestro/ Redeshop/ Visa Electron. Cerveja: R$ 15. Chope: R$ 4,80 a R$ 5,30. Drinques: R$ 10 a R$ 16. Petiscos: R$ 3,90 a R$ 9.
bar para comer
BOTTEGA BOTTAGALLO
R. Jesuíno Arruda, 520, Itaim Bibi, tel. 3078-2858, www.bottagallo.com.br. Desde 2010. Terça a quinta 12h/15h e 18h30/1h; sexta 12h/15h e 18h30/2h; sábado 12h/2h; domingo 12h/22h30. Cc: American Express/ Diners/ Mastercard/ Visa. Cd: Mastercard Maestro/ Redeshop/ Visa Electron. Cerveja: R$ 6 a R$ 15,50. Chope: R$ 3,50 a R$ 6,10. Drinques: R$ 15,50 a R$ 29,50. Petiscos: R$ 17 a R$ 32. Pratos: R$ 32 a R$ 49.
bar de drinques
SUBASTOR
R. Delfina, 163, Vila Madalena, tel. 3815-1364, www.subastor.com.br. Desde 2009. Seg. 20h/2h; ter. a qui. 20h/3h; sex. e sáb. 20h/4h. Cc: American Express/ Diners/ Mastercard/ Visa. Cd: Mastercard Maestro/ Redeshop/ Visa Electron. Cerveja: R$ 11 a R$ 13. Chope: R$ 4,10 a R$ 6,10. Drinques: R$ 11,50 a R$ 31. Petiscos: R$ 8,50 a R$ 26. Pratos: R$ 22,50 a R$ 39,50.
Cafés:
Santo Grão – Oscar Freire
Bangkok Café
Octavio Café
Pizzas:
Bora Bora Pizza Bar – Pinheiros
Av. Henrique Schaumann, 657 – Pinheiros – São Paulo / SP
Tel.:(11) 3088-2208
Site Oficial:
http://www.barborabora.com.br/
Pizzaria Speranza:
Av. Sabiá, 786 – Moema – São Paulo / SP
Tel.:(11) 5051-1229
Site Oficial:
http://www.pizzaria.com.br/
Baladas:
A Lôca:
R. Frei Caneca, 916 – Bela Vista – São Paulo / SP
Tel.:(11) 3120-2055
Site Oficial:
http://www.aloca.com.br/
Armazém da Vila:
R. Beira Rio, 116 – Vila Olímpia – São Paulo / SP
Tel.:(11) 3045-3573
Site Oficial:
http://www.armazemdavila.com.br
Dia 25 de janeiro São Paulo completa 458 anos e vou fazer minha singela homenagem  a esta cidade que tanto amamos!!
Avenida São João, Ipiranga, Avenida Paulista… são tantas avenidas importantes e presente na memória de todos. Tema de músicas, cenário de filmes e novelas… São Paulo é realmente Tudo de Bom!!!!
O Cruzamento da Avenida São João com Ipiranga, era o ponto de encontro dos paulistanos, em 1978 quando Caetano Veloso gravou a música “Sampa”, que com certeza todos nós lembramos de pelo menos um pedacinho: “Alguma coisa acontece no meu coração, que só quando cruza a Ipiranga e a Avenida São João…”.
Com o tempo acabou entrando em decadência, mas muita gente conhece, ou já ouviu falar de muitas histórias nessas avenidas.  
A cidade que não para nunca tem muita agitação e diversidade, ou seja, o mundo cabe em São Paulo!
Com uma gastronomia riquíssima, de alto nível para os paladares mais exigentes, mas ao mesmo tempo não deixa de agradar aos mais simples, e perfeita para quem gosta de experimentar, o que é muito interessante. Em uma semana podemos ir da culinária japonesa, chinesa, asiática, as cantinas italianas, passando pela portuguesa, árabe e com um pouco mais de tempo conhecemos a culinária do mundo inteiro sem sair de São Paulo, é ou não é para poucos?
São Paulo é sinônimo de cultura com seus museus, teatros, cinemas, exposições, espetáculos de dança, baladas, shows, bares, dos grandes eventos de negócios aos culturais, São Paulo nunca dorme, tem atrações 24 horas…
Uma cidade que vai do luxo ao lixo em questão de minutos, foi eleita a 10ª cidade mais cara do mundo, é a maior metrópole do Hemisfério Sul. Vista como a esperança de uma vida melhor para muita gente, é a terra da diversidade, recebe brasileiros de todos os estados, possui pessoas de 70 nacionalidades diferentes, isso nos dá a impressão de que o Mundo todo cabe e está em São Paulo.
Tem ainda esportes, áreas verdes, estâncias turísticas, hidrominerais, serras, rios, vales e montanhas, manguezais, e está sempre pronta para receber muitos turistas. Litoral Norte, Litoral Sul, Baixada Santista, praias, muitas praias, e o maior porto da América Latina, que na temporada recebe vários navios de cruzeiros com opções de roteiros para todos os gostos e desejos.
Alguma vez já nos perguntamos: O que mais gostamos em São Paulo?
O que mais gosto é saber que depois de sair do Teatro, onde com certeza assisti a um belo espetáculo, posso ir tranquilamente comer uma massa, uma pizza,  ou o que tiver vontade que sempre vou encontrar um lugar aberto.
Quando sair de uma balada ou de uma festa com amigos e der aquela vontade de comer um hamburguer, também têm e isso vale para qualquer tipo de comida ou lanches e drinks, sempre tem um local para você ir sozinho ou acompanhado.
Nos finais de semana, é bom passear com os filhos, a família, para isso tem muitos parques e áreas verdes, aquário, em São Paulo temos o primeiro aquário temático da américa do Sul, um complexo de entretenimento, cultura e conscientização ambiental que utiliza aquários, tanques, aqua-terrários, painéis descritivos e ambientes cenarizados como ferramentas de educação.

Em mais de 3.000m², alguns importantes ambientes do planeta são reproduzidos, integrando animais e organismos à sua respectiva flora. Com uma estratégia só utilizada nos aquários públicos internacionais, o Aquário de São Paulo apresenta as características ambientais dos ecossistemas em cada recinto, criando para o visitante a sensação de estar totalmente integrado à cena.

Não dá vontade de passar o dia todo com os filhos: E ainda tem m restaurante temático, lanchonete, loja de suvenires e cinema em 4D completam a estrutura do local. Isso é maravilhoso!

Não podia deixar de escrever algo sobre  a cidade de São Vicente no Litoral Sul de São Paulo que hoje comemora 480 anos de sua fundação em meio a muitas mudanças e transformações de uns anos pra cá, isso é inegável.


A cidade está linda, bem cuidada, e tentando resolver seus problemas sociais de forma definitiva, investindo em cultura e educação.


Parabéns aos seus moradores e aos seus governantes!


Confira a programação da cidade:


O Destaque é a realização da 30ª Encenação da Fundação da Vila de São Vicente.


22 de janeiro
Evento: Hasteamento de Bandeiras
Horário: 8 horas
Local: Praça 22 de Janeiro – Centro

Evento: Renovação da Consagração da Cidade a São Vicente Mártir
Horário: 9 horas
Local: Igreja Matriz (Praça João Pessoa, s/n°, Centro)
24 de janeiro
Evento: Visita às obras do Complexo de Saúde do Humaitá
Horário: 10 horas
Local: Rua Dr. José Singer, s/n° – Conjunto Humaitá

Evento: Inauguração das obras de ampliação da Unidade Básica de Saúde (UBS) CAIC
Horário: 11 horas
Local: Praça 70, s/n° – Conjunto Humaitá
27 de janeiro
Evento: Visita às obras do Centro Vocacional Tecnológico Tripulantes do Futuro
Horário: 10 horas
Local: Avenida Nações Unidas com Avenida Marechal Cândido Mariano Rondon (em frente ao Centro Náutico) – Vila Margarida

Confira a programação completa: 

http://www.saovicente.sp.gov.br/noticias/visualizarnoticia.asp?ID=2942 
Quem for ao Espírito Santo não pode deixar de conhecer Vila Velha. Além das praias e das colônias de pescadores, onde é possível saborear peixes e frutos do mar fresquinhos, você pode fazer o roteiro turístico e visitar o Museu Ferroviário e o Convento Nossa Senhora da Penha, o primeiro monumento religioso do estado, que possui murais de Benedito Calixto – um velho conhecido nosso,  pois temos belas telas na Bolsa do Café, Pinacoteca e outras cidades da baixada santista. Por ter sido construído no alto de uma encosta, proporciona a melhor vista da cidade.
Um lugar imperdível para nós (e me incluo nessa) chocólatras de carteirinha é a Fábrica de Chocolates Garoto (tem que agendar com antecedência já que a fila de espera é grande). O espaço é aberto a visitas guiadas com degustação e oferece lojinha para compra de guloseimas. Hum, é muito bom, dá pra fazer um bom estoque de chocolate.
Vila Velha é tudo de bom! E pode ser o seu destino para as próximas férias!


Dicas de Lá:
Informações turísticas
Tel: (27)3139-9010
 Distâncias
Vitória – 14 Km
Guarapari – 54 Km

http://www.vilavelha.es.gov.br
http://ww.rotasdoes.com.br

Endereços
Convento Nossa Senhora da Penha
Acesso pela Rua Vasco Coutinho
Tel.(27) 3329-0420

Museu Ferroviário
Acesso pela rodovia Carlos Lindenberg
Tel: (27) 3333-2484

Fábrica da Garoto
Praça Meyerfreund, 1 – Glória
Reservas: (27) 3320-1708 /1709programa.visitas@garoto.com.br

Quando escolhemos (turista) um local para visitar, sempre pesquisamos o que ele possui para ser atrativo. Ou pelo menos, esperamos encontrar algo que nos desperte o interesse em conhecer determinado lugar.
A escolha de um destino turístico não depende somente das atrações oferecidas, mas também da infra-estrutura disponível para atender o turista durante a sua estadia, como: abastecimento de água; energia elétrica; postos de saúde; segurança pública.
Portanto, antes de optar por um destino, o turista analisa:
·         Os atrativos – que correspondem aos principais elementos que motivam o fluxo turístico para um local. São os atributos naturais, os culturais e os eventos programados;
·         As facilidades – também chamadas de infra-estrutura turística, que permitem a permanência do turista na localidade visitada. Mesmo que geralmente não sejam as principais responsáveis pela escolha de uma destinação, estes serviços facilitam o alojamento, alimentação é o entretenimento do turista. Muitas vezes a boa infra-estrutura para o turismo possibilita que o turista permaneça por mais tempo em uma localidade.
·         O acesso – que são as vias e os meios de transportes disponíveis que possibilitam a locomoção do turista até o local desejado e dentro das localidades.
Os atrativos turísticos podem ser:
·         Naturais: são paisagens naturais, selecionadas por seus valores qualitativos para o turismo, como montanhas, rios, praias, lagoas, grutas, etc.
·         Culturais: são divididos em:
Históricos: museus, castelos, ruínas, e igrejas;
Culturais: exposições, teatros;
Folclóricos: artesanato, música, dança;
Serviços: gastronomia, parques (temáticos), casas noturnas, danceterias, cinemas, etc.
·         Equipamentos turísticos:
Centros de convenções;
Terminal turístico;
Teatros;
Plataforma de pesca, etc.
De uma maneira bem simples, turismo receptivo é como se fossemos receber visitas em nossa casa: a gente faz compras, limpa e organiza os quartos de hóspedes, prepara roupa de cama e banho, e faz o possível para deixar todos bem à vontade não é?
Com o turismo é a mesma coisa, só que para uma cidade inteira e para os visitantes. 

Contato

Praça Mauá – 16A

Santos/SP – Brasil

13-9-97365637

Newsletter

©Turismo & Ideias – todos os direitos reservados.

Newsletter

Contato

Praça Mauá – 16A

Santos/SP – Brasil

13-9-97365637

©Turismo & Ideias – todos os direitos reservados.